Uma lembrança

A Renato Cardoso, 20 anos depois

Foste vítima augusta duma paixão?
Que na Quebra Canela caiu na areia
Ou vítima cruel da civilidade de então?
Que golpeou o éneo valor da tua glória.

Foste extinto por um algoz cruento
Com a mágica bala, isento de pecado
Um golpe sisudo te brandiu no peito
Drama de fogo te estendeu no leito.

Ó crepúsculo áureo da tarde lutuosa,
Acende a claridade à mágica morte,
Ao algoz que fulminou espírito forte,

Vá ao palco daquela tarde escura e extraia
Do peito colectivo as gazas nebulosas
Tira a eólica fúria e salva-nos dessa sorte.

Domingos Barbosa da Silva

29 de Setembro de 2009

V O L T A R