Autor de la página Islas de Cabo Verde   

"Menino" Mascarenhas
  "Menino" Mascarenhas

João de Brito, Câmara Mascarenhas

Nació en "Mindelo" São Vicente (Cabo Verde - África Occidental), en la Freguesia de Nossa Senhora da Luz el día 8 de Febrero de 1948.

Tiene varias ramas del árbol geanológico.

Una de ellas comienza a fines del siglo XVIII, dónde FRANCISCO LÓPES DA SILVA naútico natural de Barcelos en la región de MINHO (Portugal), fijó residencia en el Archipiélago de Cabo Verde en la isla de São Nicolau dónde se casó con MARÍA SABINA da FAMILIA DOS CADAIS DAS FONTAÍNHAS.

Tuvieron seis hijos:

MARIQUINHAS CÂNDIDO LEITE
MIGUEL
SERAFIM

MARIQUINHAS CÂNDIDO LEITE    Tuvo 5 hijos

NHA JULINHA
BINA
JUSTIDIANO
MARÍA JULIA

MARÍA JULIA  Tuvo 3 hijos

JENNY
EMÍLIA
CÂNDIDA

 

"JENNY" María Leite Lópes Da Silva

 se casó

Edmondo Charles Saint Aubyn (EL INGLÉS)        Ver Fotografías Familia St:Aubyn

Tuvieron: 12 hijos

B Í A
MAE
JACK
WINNIE
ANTONINHO
OLIVIA
JEOFREI
VALENTINA
DJÓ
INÊS LEITE
OLGA

Historia de Nome de Familia St. Aubyn


 

Vovó Bia morava na Rua de Praia, defronte da Praia de Bôte, num belo espaçoso casarão, Hacer click en la Fotografía para ver..... Descendientes de Francisco Xavier Resende Mascarenhas, Hacer click en la Fotografía para ver.....

"BÍA" María Constança Saint Aubyn  se casó con  Francisco Xavier Resende Mascarenhas


 

 

MASCARENHAS - FAMÍLIA MUITO ILUSTRE E QUE TEVE EM ESTEVAO de MASCARENHAS O PRIMEIRO DESTE SOBRENOME POR SER O SENHOR de MASCARENHAS, NO JULGADO DE MIRANDELA.

CONTEMPORÁNEO DE SANCHO I DE QUÉM ERA CAPITAO DE CAMPO DO SEU EXÉRCITO, ACOMPANHOU O REI NA TOMADA DE ELVAS E DE TORRES NOVAS.

AO RETORNAR DAS CONQUISTAS FOI FEITO CAVALEIRO DO REINO. 1º DUQUE DE ELVAS. MESTRE DA ORDEM DE CRISTO COM DIREITO AO BRASAO DE ARMAS QUE LHE FOI CONCEDIDO POR DECRETO DO REI.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------

Mascarenhas é um apelido de família da onomástica da língua portuguesa.

Segundo alguns genealogistas, principiou em Estêvão Rodrigues, senhor do lugar de Mascarenhas, no julgado de Mirandela, e seu primeiro povoador. Foi contemporâneo do Rei Dom Sancho I, a quem acompanhou na tomada de Elvas e de Torres Novas.

Em sua linha de descendência direta estão Lourenço Esteves Mascarenhas (filho), Alonso Lourenço Mascarenhas (neto) e Afonso Mascarenhas (bisneto), todos eles senhores de Mascarenhas a seu tempo.

Este último foi vassalo do Rei Dom Fernando e pai de Martim Vaz Mascarenhas, que foi homem honrado e nobre de época, a quem Dom Fernando concedeu a herdade de Capitoa, na qual ele instituiu o morgado do Capitão.

Teve filhos, entre os quais Fernão Martins Mascarenhas, fidalgo e criado do Infante Dom João, filho de Dom João I, comendador-mor da Ordem de Santiago nos tempos do rei Dom Afonso V e casado com Dona Filipa, de quem deixou geração.

Dom Pedro Mascarenhas, filho de Dom Fernão Martins Mascarenhas, foi alcaide-mor (magistrado) de Trancoso, comendador de Castelo Novo, estribeiro-mor (Superintendente nas cavalariças) de Dom João III, aposentador-mor e camareiro de seu filho, o príncipe Dom João.

Foi ainda embaixador em Roma e junto ao Imperador Carlos V, sendo responsável pela ida dos padres da Companhia de Jesus para Portugal. Sendo Embaixador de Portugal junto a Carlos V, ofereceu a este, sua esposa e a outros príncipes, um banquete no qual foi queimada lenha de canela.

Governou o estado da Índia a partir de 1554, durante um ano, com título de Vice-Rei. Casou-se por duas vezes, a primeira com Dona Filipa Henriques e a segunda com Dona Helena Mascarenhas, e ao que consta não deixou geração com nenhuma delas.

As armas tradicionais da família Mascarenhas são constituídas por um campo vermelho, com três faixas de ouro. O timbre deste brasão é composto por um leão vermelho, armado e lampassado de ouro. Encontram-se registradas no livro da Torre do Tombo à folha 14.

O Rei Dom Manuel I organizou e normatizou o uso de armas e as concessões dos brasões, reunindo todos os brasões e insígnas existentes no reino. Posteriormente escolheu 72 brasões das principais famílias da alta nobreza portuguesa, entre os quais o brasão da família Mascarenhas, que foram pintados no teto da Sala de Sintra.

Dom Pedro Mascarenhas usou as armas da família, acima descritas, modificadas de seguinte forma: acrescida uma bordadura cosida de azul, carregada de dezesseis memórias de ouro, repassadas umas pelas outras, duas a duas. O timbre deste brasão é composto por um leão de ouro, segurando nas garras uma palma de tâmaras, tudo de sua cor.

Posteriormente a família estendeu-se à Espanha, onde mudou a grafia do sobrenome para Mascareñas e provou a sua nobreza na Ordem de Calatrava, em 1641.


 

 

    Bisavó Ludovina Da Graça Rezende ( Ver Árbol )     Bisavô Lourenço de Loyola da Silva Mascarenhas

      (Profissão: médico. formado na Escola Médico-Cirúrgica de Goa (India Portuguesa) e

colocado em Cabo Verde em 04 de Setembro de 1878. Médico militar (Tenente)

FRANCISCO XAVIER RESENDE MASCARENHAS

 


 

 

VOVÓ "BÍA"   ( V E R )                                  VOVÔ  "CHICO"   ( V E R )

 

Foto em família:

Com grande parte dos filhos.

Ao centro a D. Maria Constança St'Aubyn (Bia Mascarenhas) ladeada à direita pelo filho António (Zuga, pai do Djibla) e à esquerda pelo José.

Sentados: à direita o Sebatião e à esquerda o Chico (marido da Zezinha). As meninas, a mais nova é a Beatriz e a outra é a Perpetua (Peta) Os dois rapazes de branco, à direita o João e à esquerda o Peter.

 

 Los   SAINT`AUBYN MASCARENHAS    tuvieron 13 hijos   ( HACER UN CLICK EN CADA FOTOGRAFÍA )

  • Olga (Praia: 08-07-1908). Praia: falecida 08-10-1922
 
  • Angélica. (Ribeira Brava - S.Nicolau 24-10-1909).
 
Angélica Saint Aubyn Mascarenhas
  • António "Zuga" . (Ribeira Brava - S.Nicolau: 10-02-1911). Falecido: 23-05-2003 aos 92 anos.Em S.Vicente.
 
António Saint Aubyn Mascarenhas
  • José. (S.Nicolau: 30-11-1912). Falecido: 28-10-1983 aos 70 anos (Lisboa - Portugal).
 
José Saint Aubyn Mascarenhas
  • Lourenço. (Praia: 02-01-1915).
 
Lourenço Saint Aubyn Mascarenhas
  • Ricardinha.  (Praia: falecida: 24-10-1916)
 
  • Peter. (Praia: 08-10-1918) . Falecido:

 
Pedro Saint Aubyn Mascarenhas
  • Filipe. (S.Niccolau: 26-05-1920). Falecido: (Praia 29-07-1921).
   
  • João . (Fogo: 09-03-1922). Falecido: (Em Buenos Aires - Argentina: 20-10-86 aos 64 anos).
 
João Saint Aubyn Mascarenhas
  • María Perpétua. (Ribeira Brava - S.Nicolau: 26-06-1923).Falecida: 22-07-1987 aos 64 anos. (Lisboa).
 
María Perpétua Saint Aubyn Mascarenhas
  • Sebastião. (Praia: 20-01-1927). Falecido: 05-05-1991 aos 64 anos em EE.UU.
 
Sebastião Saint Aubyn Mascarenhas
  • Beatriz. ( Praia: 20-01-1927).
 
Beatriz Saint Aubyn Mascarenhas
  • Francisco. (Praia:26-12-1928).
 
Francisco Saint Aubyn Mascarenhas

G r u p o  Saint Aubyn Mascarenhas ( Julho de 1981) Lisboa.

Beatriz, José, Angélica,Sebastião, Roseanne (Sra. de Sebastião), Lourenço Loyóla , Peter , María Perpétua e o nêto da Angélica filho do Titá.

 

Roseanne (Sra. de Sebastião), Guida Salomão Mascarenhas (Filha do José),Beatriz, Sebastião e Edith filha de Beatriz.

F o t o g r a f í a s   de   F a m i l i a



CÂMARA - FAMILIA MUITO ANTIGA EM PORTUGAL POIS DESCENDEM DAS DOS ZARCOS, JOAO GONÇALVES ZARCOS, ARMADO CAVALHEIRO DA CASA DO INFANTE DOM HENRIQUE, PARTICIPOU DA TOMADA DE CEUTA.

COMANDANDO UMA PEQUENA FROTA DE NAVIOS VEIO A DESCUBRIR A ILHA DA MADEIRA E RECEBEU, COMO RECOMPENSA A CAPITANIA DA MESMA, DESEMBARCANDO EM FUNCHAL.

NO LOCAL DENOMINADO CÂMARA DOS LOBOS, FOI-LHE DADO POR CARTA DE 4 - VIII - 1460 O SOBRENOME DE CÂMARA, SURGINDO DAÍ A ORIGEM DO SOBRENOME NESTA. MESMA CARTA TAMBÉM FOI-LHE CONCEDIDO O BRASAO DE ARMAS.


 

 
Ermelinda Amélia Fernândes
 
Dormovil Agostinho Câmara

Tuvieron : Cinco hijos

  • Alberto Fernándes Câmara.
  • María Odete Fernándes Câmara (27-01-1927).
  • Eduarda Fernándes Câmara (28- 08-1929).
  • Manuel Fernándes Câmara. "Manecas".
  • Estefânia Fernándes Câmara.

 


 

João  Saint Aubyn Mascarenhas se casó con Eduarda Fernándes Câmara    (Nietos Laura Cecilia y Diego Adrián)

Tuvieron: Dos hijos

  João de Brito Câmara Mascarenhas (08-02-48)
Carlos Eduardo Câmara Mascarenhas (31-03-52)

 

                           Familia CÂMARA MASCARENHAS :                

  Hermanos João de Brito y Carlos Eduardo

Parados: João de Brito, Diego Adrián, Carlos Eduardo, Carla Inés, Laura Cecilia y "Baby". Sentados: Inés Ofélia Salomón, Emilio Andrés y Mauro Ariel.

 


 

João de Brito Câmara Mascarenhas  se casó con "BABY" Urruchúa Goytía

Tuvieron: Dos hijos

Diego Adrián, Goytía Mascarenhas (25-11-75)
Laura Cecilia, Goytía Mascarenhas (13-12-77)

 


 

 

Laura Cecilia, Goytía Mascarenhas se casó con Cristian Leonel Alfáro (Nacido: 19 de Septiembre de 1972)

Agustina Belén, Alfaro Mascarenhas

Agustina Belén, Alfáro Mascarenhas (27-12-2000)

V o l v e r